PESQUISE EM NOSSOS POSTS

RAÇA DE VIBORAS


Nós pecamos! Isso é fato.

Nós olhamos coisas indevidas, nós falamos alguma coisa que não é verdade, nós pensamos coisas que não deveríamos, nós discutimos com nossos pais, nós desprezamos as pessoas que estão ao nosso lado, nós espalhamos a mentira que ouvimos, nós julgamos, nós mentimos, nós matamos (isso mesmo, matamos!)

Mas como nós tratamos nosso pecado?

Nós já estamos tão acostumados a cair nessa área que pra nós já nem é mais "pecado" , já virou uma coisa natural, instintiva, e nós já conseguimos nos convencer que ser Feliz é a sua prioridade de vida?

Ou nós elevamos nosso pecado e ativamos a auto-piedade a ponto de achar que nosso pecado foi tão grande, tão ruim, que nós não somos mais dignos de pisar na igreja, e abandonamos tudo e todos?

Existem mais maneiras de lidar com os nossos pecados, mas citei os dois, que na minha opinião, são os mais comuns.

Na primeira opção, não se iluda. Uma vez conhecendo Jesus, que é a Verdade, você nunca mais vai fazer as coisas mundanas com a consciência limpa, quando você chegar na sua casa, depois da balada, depois de tirar a maquiagem, vai bater aquele vazio, e aquela pergunta: é só isso? Então, se você se importa, procure ajuda, exponha seu pecado, sua fraqueza, peça a alguém que anda do seu lado, e que seja verdadeiramente um irmão pra você. Você é uma pessoa, um ser humano racional, não age por instintos, ou pelo menos não deveria agir. Esqueça a Claudia Leite, e o Extravasa. E tente não se apegar àquela frase: É melhor acordar arrependido, do que dormir com vontade. Deus aposta em você, a cada dia, por um dia, Ele espera que você vença hoje! E amanhã, Ele esperará que você vença amanhã. Um dia após o outro. Pelo resto da sua vida. O caminho que Ele escolheu pra você é bom, a vontade Dele é perfeita, e nós precisamos confiar que Ele quer o nosso bem sempre. Nada é proibido. Eu faço o que eu quiser, e quando tiver vontade, mas por amor a Deus, pelo amor Dele por mim, sou incapaz de fazer algo, conscientemente, que O desagrade. Por amor, por obediência, e não por medo, ou pressão. É fácil agir como as pessoas nos impõem, em muitas igrejas, é mais fácil aplicar a lei do cabresto, do que ensinar a verdadeira responsabilidade que você tem sobre os seus atos. Todo mundo vai dar conta um dia. E nesse dia, você não vai poder mentir.

No segundo caso, é simples: O sangue de Jesus, lá na cruz, é infinitamente maior que o seu pecado. E, não pense você que o seu "maior" pecado, é grande o suficiente pra que não seja coberto pelo sacrifício de Cristo. Não miniminize o sangue de Cristo. Ele pagou um alto preço, pelos pecados da humanidade, quem se arrepender de verdade, será perdoado. Ainda que no mundo inteiro, só tivesse você, ainda assim, Jesus não hesitaria em dar a vida Dele por você. O mínimo que podemos fazer em retribuição a isso, é honra-Lo nos nossos atos e palavras e pedir perdão com o coração arrependido, a cada pisada de bola que nós dermos.

Deus não espera que você seja perfeito, que você seja santo. Ele já realizou isso em Cristo, que foi homem como você, mas que tinha um relacionamento tão intimo com Deus, que realizou milagres e venceu o mal.

Seu pecado é só pecado, diante da grandeza do amor e da misericórdia de Deus. Entregue seus problemas, seus maus hábitos, suas manias na mão Daquele que deu a vida pela sua.

Amém.

G Flores

1 comentários:

Ju disse...

Oi Linda...
Amei o seu texto...
Vc me add, no Twitter...
Ah tb tenho blog: www.paposabertos.blogger.com.br
Muitas felicidades e a Paz do Senhor!
Bjs

Related Posts with Thumbnails
 
©2009 Vineyard Café | Mogi das Cruzes - SP | by TNB